.

.

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

ASSISTA O LINDO FILME DAS APARIÇÕES DE NOSSA SENHORA EM PONTMAIN-FRANÇA 1871- VOZES DO CÉU 7.


NOSSA SENHORA DE PONTMAIN

Em Janeiro de 1871, Paris está cercada pelo exército da Prússia que há três anos mantém prisioneiro Napoleão III. Pontmain situa-se entre a Bretanha e a Normandia
A aparição de Pontmain marca o fim da invasão prússica da Bretanha mas, pelo simbolismo dos diferentes quadros que se sucedem, ultrapassa o âmbito deste acontecimento.
17.30 h - Eugéneo Berbedette (12 anos), o irmãoJosé (10 anos), e o pai pisam giestas numa granja para fazer cama para os animais.
Jeanette Detais, "a coveira", entra, interrompendo o trabalho, pondo-se à conversa sobre a guerra com o pai das crianças. Eugénio sai "para ver o tempo".
A cerca de sete metros, por cima do telhado da casa dos Guidecoq, a uns seis metros de altura, Eugénio vê um sítio no céu com menos estrelas. Subitamente, por cima e ao meio do telhado, vê uma Bela Senhora sorridente que olha para a criança com um ar de bondade delicada e terna. Está vestida com um fato à oriental, amplo e de cor azul. Este fato azul (foi feita a associação com a cúpula da igreja de Pontmain, que naquela época estava pintada e salpicada de estrelas douradas), semeado de estrelas de ouro, vai do pescoço aos pés. As mangas são largas e descem até às mãos. A Senhora tem sapatos azuis como o vestido, e sobre o peito do pé, uma fita de ouro forma um anel semelhante a uma roseta bem desenhada. Um véu preto lançado para trás cai até metade das costas. A cabeça da Senhora está enquadrada por três estrelas em forma de triângulo. Tem uma coroa de ouro, espécie de diadema, duma altura de cerca de vinte centímetros, cingida por um galão vermelho mais ao menos a meio que se ia alargando como um cone truncado e voltado para baixo. A Senhora tinha as mãos estendidas e baixadas como na aparição da Medalha Milagrosa.
Durante toda a noite, três estrelas dispostas em triângulo fixam o local da aparição; a cabeça da Senhora precisamente no meio. As estrelas desaparecerão com ela.
As etapas da Aparição
Enquanto esperam a chegada do prior da paróquia, as pessoas presentes recitam o terço dos mártires do Japão (A pequena coroa dos mártires japoneses, ou pequeno terço, aprovada por Pio IX no momento da canonização dos mártires japoneses, é recitada para solicitar a protecção dos mártires à Igreja e a conversão do Japão e do Extremo Oriente.)
Recita-se do seguinte modo: a) sobre a cruz, os actos de fé, esperança e caridade; b) em cada uma das contas pequenas, as invocações "Doce coração de Maria, sede a minha salvação", "Meu Jesus, misericórdia"; c) Nas contas grandes: "Pai eterno, ofereço-vos o Sangue preciosíssimo de Jesus Cristo em expiação dos meus pecados e pelas necessidades da Santa Igreja."
Quando o coração de Maria é invocado e o sangue de Cristo oferecido ao Pai, a aparição torna-se mais nítida aos olhos das crianças.
Primeiro, um oval dum azul semelhante ao do fato forma-se em torno da visão. Depois, quatro castiçais simples, com quatro velas, aparecem fixados no interior do oval, dois à altura dos ombros da Senhora, os outros dois à altura dos joelhos. Finalmente sobre o peito da visão, à esquerda, uma pequena cruz vermelha, do tamanho de um dedo. Foi no seu coração trespassado por uma espada que Nossa Senhora sofreu toda a Paixão.
Na sequência, os diversos momentos da aparição, desenrolaram-se pontuando a oração dos paroquianos reunidos em torno do seu pastor.
Mas, vejamos o filme da aparição antes de tentarmos descobrir-lhe o sentido escondido. Tendo tido início às cinco horas e meia, durou até às vinte e uma.
A Virgem cheia de estrelas não pára de sorrir, passado todo este tempo em que se apresenta na noite estrelada.
No entanto, Maria cai na tristeza, porque a multidão pôs-se à conversa, a discutir, a brincar, esquecendo a sua presença.
Primeira oração: o terço.
O sacerdote repõe a ordem e a decência mandando rezar e, naturalmente, a primeira oração que dirigem à Virgem Maria é o terço.
Todos se ajoelham. Neste momento a Senhora começa a crescer… Terminado o terço, o seu tamanho está pelo dobro, não tendo os pés saído do sítio.
Também a estrela se elevou progressivamente, a estrela que está no cimo do triângulo.
O oval também aumentou na mesma proporção.
Para além disto, enquanto a multidão reza, as estrelas do vestido multiplicam-se. Nascem a alguns centímetros de Maria, depois vêm colocar-se sobre a túnica, irregularmente e harmoniosamente, como as estrelas do firmamento. No final, o fato da Virgem "formigava" de estrelas.
Quanto às estrelas que pareciam estar no céu, à medida que vão sendo escondidas por Maria que cresce, afastam-se, reordenam-se, depois descem ao longo do corpo virginal e, sob os pés, fora do oval azul, reúnem-se num enxame. Os videntes contaram cerca de quarenta.
A Virgem Maria quis assim manifestar o lugar privilegiado do Terço nas orações que lhe são dirigidas, e quanto esta oração é poderosa sobre o seu coração.
Segunda oração: o Magnificat.
Terminado o terço, o Prior fez entoar o Magnificat. Desde os primeiros versículos, uma faixa branca do comprimento do telhado da casa, de cerca de um metro de largura, estende-se subitamente aos pés de Nossa Senhora. Pouco a pouco, letras douradas vão-se desenhar aí em maiúsculas vulgares - Um M, depois um A, depois um I, e finalmente, um S. A palavra MAIS ('mas' em português) permanece sozinha na faixa durante um dezena de minutos. Finalmente, outras letras aparecem. No final do Magnificat a faixa tem:
MAS REZAI, MEUS FILHOS.
São cerca de dezanove horas e meia da tarde. Quando as discussões em volta das crianças soletrando as letras, são demasiado vivas, a Virgem deixa de sorrir.
Terceira oração : as litanias da Santíssima Virgem.
As litanias seguem-se ao Magnificat.
"É preciso, diz o Prior, pedir à Santíssima Virgem que manifeste a sua vontade. "
Quase de imediato, as crianças gritam : "Eis que mais uma vez alguma coisa aparece, é um D! É um I! ('Dieu' é a palavra que aparece; Deus, em português.)
DEUS VOS ATENDERÁ EM POUCO TEMPO
Depois desta última palavra, um ponto grande como o sol.
A multidão ergue-se numa indizível esperança.
Ora, a Aparição mantinha-se no céu, por cima do telhado da casa dos Guidecoq. A dona da casa, segura de que as crianças estavam alucinadas, entra para casa. Volta a sair, empurrada pela curiosidade e igualmente incrédula, durante o cântico das Liatnias. Foi então que ficou cilindrada, projectada de joelhos e confundida
Quarta oração: A Inviolata
Depois das Litanias, entoam a Inviolata. Estavam em"O Mater Alma Christi Carissima", quando brotaram as palavras:
O MEU FILHO
E então, ficou a saber-se sem sombra de dúvida quem era a Senhora coberta de estrelas, tão celeste e tão profundamente maternal.
Quinta oração: Salvé Rainha.
Durante o cântico da Salvé Rainha, a frase, por um tempo suspensa, continuou.
Nossa Senhora traz a sentença da Misericóridia:
O MEU FILHO
DEIXA-SE TOCAR
Um traço grosso sublinha esta segunda linha.
Sexta oração: Mãe da Esperança
Para parar os comentários que se tornavam num falatório dos habitantes da aldeia, reunidos em volta das crianças, o Prior fez entoar o cântico tradicional de Pontmain.
"Mãe da Esperança cujo nome é tão doce.
Protegei nossa França. Rezai por nós. Rezai por nós"
A Santíssima Virgem, sorrindo mais do que nunca "com o mais belo sorriso que pudemos contemplar durante a aparição", escreverá José Berbedette, eleva as mãos à altura dos ombros, os cotovelos ligeiramente apoiados dos lados, as mãos um pouco inclinadas para trás, a palma virada para as crianças. O braço esquerdo assim elevado não escondia a pequena cruz vermelha que se encontrava sobre o coração.
"Olha, Ela ri", gritam as crianças.
A virgem agita delicadamente os dedos. No final do cântico a faixa apaga-se.
Sétima oração: o cântico "Meu doce Jesus, finalmente eis o tempo de perdoar aos nossos corações penitentes", entrecortado pelo "Parce Domine".
Este cântico, tão popular como o primeiro, segue-se-lhe. E de repente, sem que desta vez houvesse culpa da multidão, Maria, por uma segunda vez, cai na tristeza.
Forma-se um crucifixo, um pouco à frente de Maria. Ela baixa de imediato os braços para o agarrar.
A cruz é vermelha escura, cor de sangue venoso das veias; o Cristo, vermelho vivo, como o sangue arterial. Tem a cabeça inclinada para a esquerda.
O sangue de Cristo não escorre. Nenhum movimento que indique vida.
Este estranho crucifixo tem por cima um trave branca um pouco mais curta que os braços da cruz e tem escrito em letras de sangue:
JESUS CRISTO
Maria agarra o crucifixo um pouco acima dos pés de Cristo, com as duas mãos, a mão esquerda por cima da direita, inclinando-o ligeiramente para a terra.
A imensa tristeza de Maria contagiou a multidão.
Desde o início do cântico, uma das estrelas que tinha vindo colocar-se como que a fazer um pedestal à Virgem, põe-se em movimento e, entrando no oval, vai acender as quatro velas em torno dela. A virgem tem os olhos baixos. Olha para o Crucifixo. Os seus lábios mexem. Não deita lágrimas, mas a sua tristeza é inexprimível.
Oitava oração: Ave Maris Stella.
No Final do cântico "Meu doce Jesus", o Prior canta o hino "Ave Maris Stella". Imediatamente o Crucifixo desaparece. A Estrela da manhã retoma a sua posição hierática, de braços caídos, estendidos, as palmas cheias de graça.
Duas pequenas cruzes brancas foram como que plantadas sobre os ombros de Maria, enquadrando-lhe o rosto.
No entanto, sob o sorriso reencontrado, transparece agora um pouco de gravidade, como a sombra das Sete Dores da Mãe do Filho do homem.
O Prior convidou a que se fizesse a oração da noite. Então, elevando-se pouco a pouco, …


 NOVA EDIÇÃO: FILME LA SALETTE - A APARIÇÃO - O GRANDE SEGREDO


LA SALETTE-CORAÇÃO DAS MENSAGENS DE MARIA SANTÍSSIMA 1846-A GRANDE REVELAÇÃO DO SEGREDO-A APARIÇÃO AOS VIDENTE MAXIMINO E MELANIE

EDITADO PELO VIDENTE MARCOS TADEU A PEDIDO DE MARIA SANTÍSSIMA-SANTUÁRIO DAS APARIÇÕES DE JACAREÍ/SP-BRASIL

SITE OFICIAL DO SANTUÁRIO www.asaparicoesdejacarei.com 
DISPONÍVEL APENAS PARA ASSISTIR, HAVENDO INTERESSE NO MATERIAL ENTRE EM CONTATO ATRAVÉS DO E- MAIL: contato@avisosdoceu.com.br


18.12.2011 - APARIÇÃO - ÊXTASE - MENSAGEM DE NOSSA SENHORA RAINHA E MENSAGEIRA DA PAZ





Queridos amigos, depois da mensagem tão consoladora que a Nossa Mãe do Céu nos deu ontem vamos seguir em frente lutando com Ela pela salvação de todas as almas do mundo inteiro. A messe é grande e os operários são tão poucos. Contudo a Nossa Mãe do Céu, os Anjos e Santos estão conosco e por isso não devemos desanimar diante dos corações tão duros que nós encontramos pelo caminho. Com o Rosário em nossas mãos vamos em frente divulgando as Mensagens do Céu para que todas as almas que ainda estão nas trevas do pecado possam encontrar a Luz.

Sigo rezando por todos vocês e deixo um grande abraço a todos.

Salve Jesus, Maria e José!

Marcos Tadeu





MEDITAÇÃO FEITA PELO VIDENTE MARCOS TADEU NO CENÁCULO DE 18.12.2011 - DO LIVRO IMITAÇÃO DE CRISTO. COMO SE HÁ DE PEDIR O AUXÍLIO DIVINO E CONFIAR PARA RECUPERAR A GRAÇA CAPÍTULO 30( LIVRO IMITAÇÃO DE CRISTO DE TOMAS DE KEMPIS).



MEDITAÇÃO FEITA PELO VIDENTE MARCOS TADEU NO CENÁCULO DE 18/12/2011 - DO LIVRO IMITAÇÃO DE CRISTO
.
Como se há de pedir o auxílio divino e confiar para recuperar a graça
CAPÍTULO 30 (LIVRO IMITAÇÃO DE CRISTO DE TOMAS DE KEMPIS)


1. Jesus: Filho, eu sou o Senhor, que te conforta no dia da tribulação (Na 1,7). Vem a mim quando te achares aflito. O que mais te impede de receber a consolação é que tarde recorres à oração. Antes que ores com atenção, procuras consolar-te, recreando-te com vários divertimentos exteriores. Daqui vem que pouco proveito tiras de tudo, até que conheças que sou eu quem salva do perigo os que em mim esperam, e que fora de mim não há auxílio valioso, nem conselho útil, nem remédio durável. Uma vez, porém, que recobraste alento depois da tempestade, procura readquirir forças à luz das minhas misericórdias; pois estou perto, diz o Senhor,  para tudo restaurar, não só com integridade, mas também com abundância e profusão.

 2. Porventura há para mim alguma coisa dificultosa  (Jer 32,37), ou sou semelhante àquelas que dizem e não fazem? Onde está a tua fé? Tem firmeza e segurança! Mostra-te corajoso e magnânimo, e a seu tempo te virá a consolação. Espera por mim, espera! Virei e te curarei. É tentação o que te atormenta, é temor vão o que te assusta. Que ganhas com a solicitude de um futuro contingente, senão que tenhas tristeza sobre tristeza? A cada dia basta seu fardo (Mt 6,34). Coisa vã e inútil é entristecer-se ou regozijar-se com as coisas futuras, que talvez nunca venham a realizar-se. 

3. É próprio do homem deixar-se iludir por tais imaginações, mas é sinal de pouco ânimo ceder tão facilmente às sugestões do inimigo. A ele pouco importa se é por meios verdadeiros ou falsos que te seduz e engana, se é com amor dos bens presentes, ou com o temor dos males futuros que te deita a perder. "Não se perturbe, pois, teu coração, nem se amedronte" (Jo 14,27). Crê em mim, e tem confiança em minha misericórdia. Quando te julgas muito longe de mim, mais perto estou, às vezes, de ti. Quando pensas que está tudo quase perdido, muitas vezes está próxima a ocasião de granjeares maior merecimento. Nem tudo está perdido, por te acontecer alguma contrariedade. Não julgues pela impressão do momento, nem te aflijas com qualquer tribulação, venha donde vier, como se não houvesse esperança de remédio.

4. Não te julgues inteiramente desamparado, ainda quando, de tempos a tempos, te mando alguma tribulação ou te privo de alguma consolação desejada; porque é este o caminho por onde se vai ao reino dos céus. E isto, sem dúvida, convém mais a ti e a todos os meus servos, serdes exercitados nas adversidades, do que se tudo vos sucedesse à vossa vontade. Eu conheço os pensamentos escondidos, e sei que muito importa à tua salvação seres, às vezes, privado de toda consolação espiritual, para que não te exalte o bom progresso e te desvaneças do que não és. O que dei posso tirar, e dar de novo, quando me aprouver.


5. É sempre meu o que dou, e quando o tiro; não tomo coisa tua, pois "de mim procede qualquer dádiva boa de todo dom perfeito" (Tg 1,17). Se eu te enviar qualquer pena ou contrariedade, não te revoltes nem desfaleça teu coração; eu posso num momento aliviar-te e transformar tua mágoa em alegria. Todavia, procedendo eu assim para contigo, sou justo e digno de louvor.


6. Se refletires bem e julgares as coisas segundo a verdade, não deves afligir-te tanto com a adversidade, nem desanimar, mas, ao contrário, alegrar-te e dar-me graças. Até deve ser tua única alegria que eu te   aflija com dores, sem poupar-te. Assim como meu Pai me amou, também eu vos amo a vós (Jo 15,19), disse eu a meus diletos discípulos, e, entretanto, não os enviei às delícias temporais, mas às grandes pelejas, não às honras, mas aos desprezos, não aos passatempos, mas sim a produzir fruto copioso na paciência. Meu filho, lembra-te bem destas palavras.



07.12.2011 - (2Oº  ANIVERSÁRIO DAS APARIÇÕES DE JACAREÍ)
EXPLICAÇÃO DO VIDENTE MARCOS TADEU SOBRE A REVELAÇÃO DO CORPO GLORIOSO DE SÃO JOSÉ.


Corpo Glorioso de São José


">

http://pt.gloria.tv/?media=222816 


Jacareí, 07 de fevereiro de 2011 – 20º Aniversário das Aparições de Jacareí
(Comentário do vidente Marcos Tadeu:) “-Gloria ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo.”
(Peregrinos presentes:) Assim como era no princípio, agora e sempre. Amém.”


(Marcos Tadeu:) ”-Amantíssimos Corações de Jesus, Maria e José: Tende piedade de nós!”
“-Hoje vieram os Três Sagrados Corações: Jesus, Maria e José como vocês bem puderam perceber e ouvir. Todos os Três estavam vestidos com Vestes de Festa. Todos os Três estavam com Túnicas douradas e Seus Sagrados Corações visíveis no Peito.

Eles deram para nós hoje a indulgência plenária, ou seja, a remissão de todas as penas devidas aos pecados cometidos, as penas temporais, os castigos, sofrimentos, doenças que nós teríamos que sofrer para expiar os pecados que fizemos e Eles nos deram esta remissão.
Também hoje São José fez uma grande revelação para Mim. Por que eu percebi que Ele estava diferente dos outros dias.
São José,todas as vezes que aparece para mim, Ele aparece dando-me a impressão de ter uma forma humana, embora não parecesse que tivesse corpo humano como Jesus e Maria me davam mais a nitidez, a sensação nítida de terem.

Então hoje eu vi Ele estava diferente. O corpo, a pessoa Dele, a figura Dele estava mais assim consistente. Eu não sei como encontrar palavras pra definir pra vocês o que eu senti porque só se vocês vissem que  vocês entenderiam. Mas, em palavras humanas, é mais ou menos isso. Hoje a figura de São José parecia que estava mais consistente, parecia que tinha corpo glorioso junto com a alma. Não somente a alma gloriosa em forma humana.

E então eu perguntei a São José por que Ele parecia estar diferente dos outros dias. Parecia que estava também mais radiante, mais esplendoroso, mais refulgente. E então Ele me disse assim:
(São José) “- Você se lembra que há muitos anos atrás, Eu te disse, para rebater a objeção, as críticas daqueles que diziam que a revelação do Meu Amantíssimo Coração Aqui era falsa, porque como Eu não fui ao Céu em Corpo  e Alma não se podia venerar Meu Coração, você se lembra disso?”
(Marcos) Eu disse: Lembro, eu me  lembro que o Senhor revelou que seu corpo estava incorrupto na Terra, por isso o vosso Coração estava incorrupto, e era perfeitamente possível de nós venerarmos o vosso Coração como o de Maria Santíssima e o de Jesus sim.” E então Ele disse:

(São José) “- Pois bem, venho te dizer que há pouco tempo  A SANTÍSSIMA TRINDADE LEVOU MEU CORPO INCORRUPTO PARA O CÉU, e por isso estou lá em corpo e alma como Jesus e Maria. E o Meu Amantíssimo Coração está no Céu GLORIOSO COM O CORPO E A ALMA UNIDOS EM GLÓRIA!”

(Marcos) E daí, nossa! Eu quase desfaleci de emoção quando São José me disse isso. Até agora nesse momento está sendo difícil para mim poder falar depois de tão grande notícia, novidade, tão feliz novidade que São José acabou de me dar. Só que quando a Santíssima Trindade fez isso, São José não revelou. MISTÉRIO!

E nós agora , que temos esta revelação, estamos de posse dessa revelação e benção maravilhosa, podemos afirmar com toda a força, com toda a convicção da fé, se é que antes nós já não fazíamos isso, eu sempre fiz,  que o Amantíssimo Coração de São José está na glória verdadeiramente unido á Jesus e Maria na Glória e que esse Coração pode e DEVE ser venerado por todos nós, por todos os homens com toda a confiança, com toda a fé com toda a certeza, com toda o amor de que somos capazes.


E pensando bem é muito justo mesmo a Santíssima Trindade ter feito isso com são José! Porque Ele foi indissoluvelmente unido á Jesus e a Maria na vida, na dor, no amor... Só na Glória que parecia que Ele não era unido! Jesus e Maria foram para Céu em corpo e alma e Ele não!
Então foi muito justo que a Santíssima Trindade tenha vindo na Terra buscar o Corpo de São José e unir com a alma gloriosa de são José para que assim ele fique verdadeiramente unido em tudo á Jesus e Maria: No amor, na dor e também na glória!

Parecia que São José, na glória, não estava unido com Jesus e Maria indissoluvelmente porque, só Jesus e Maria foram em corpo e alma para o Céu. São José foi só com a alma e o corpo ficou! E foi muito justo a Santíssima Trindade fazer isso para com São José: vir na Terra para buscar o corpo de São José, para que assim, Ele ficasse igualzinho , unido a Jesus e Maria em tudo: no amor, na dor e agora na glória.

O corpo glorioso na gloria igual Jesus e Maria, unido com Eles e igual a Eles em tudo:
 No amor, na vida, na dor e agora também NA GLÓRIA!
Que Maravilha! Vamos aplaudir a Santíssima Trindade e São José!

Diante de tudo isso, só nos resta realmente morrer de amor aos pés de são José! Olhar para este quadro de são José e a Santíssima Trindade e ver o Pai Eterno apontando pra são José, dizendo para nós aquilo que o faraó disse para o  povo do Egito no antigo testamento com relação ao José do Egito, ao José do antigo testamento: IDE TODOS A JOSÉ!.



Ide a José


E volta também a memória aquilo que o faraó disse á Jose do antigo testamento, que era figura de São José , a respeito da dignidade dele. O faraó disse ao José do Egito assim:
“-Só o trono me fará maior do que tu. Nenhum homem jamais será maior do que tu sobre a Terra e eu te faço senhor de todas as minhas possessões, de tudo o que eu tenho, de tudo o que me pertence, de todas as minhas posses...”
Essa palavra que o faraó disse ao José no antigo testamento que era figura de são José,  na verdade é Deus Pai que diz para São José:
“Só o trono me fará maior do que tu. Nenhum homem será maior do que tu sobre a Terra. E Eu te faço senhor de tudo o que tenho e de todas as minhas posses.”
Só nos resta portanto morrer de amor aos pés de São José. Desfalecer de amor por Ele. Amá-lo com todas as forças de que somos capazes. Beijar e lavar com lágrimas os Seus pés como Santa  Madalena  fez com os pés de Jesus pedindo lhe  perdão de todos os nossos pecados e prometendo amá-lo com toda as nossas forças todos os dias de nossas vidas , nunca mais nos separarmos dele e torná-lo amado e conhecido por todos.
Por isso com o nosso coração cheio de gratidão pela Santíssima Trindade,por Maria Santíssima também que com certeza foi ela quem pediu à Santíssima trindade que buscasse o corpo do Seu Esposo Castíssimo para uni-lo com o Dela lá na gloria do Céu nos resplendores da Eterna gloria.
Vamos agradecer por tudo isso , por tudo, por tudo que Deus faz para glorificar São José diante dos homens, para glorificar cada vez mais Maria Santíssima diante dos homens, os Santos, os Anjos, e por todas as maravilhas que durante esses anos eles fizeram aqui como Eles bem profundamente, tão generosamente hoje na Mensagem falaram que Eles fizeram maravilhas nos corações que foram dóceis, que aceitaram as suas Mensagens, que corresponderam Seu amor, que se entregaram totalmente á Eles e aos Seus Sagrados Corações.
Por todas essas maravilhas que Eles fizeram aqui nesses vinte anos e que ainda farão nos tempos vindouros, como São José disse e eu também gosto de dizer sempre, quem viver verá essas maravilhas! Vamos agradecer a Deus, a Mãe de Deus e a São José coroando a Imagem milagrosa da Rainha e Mensageira da Paz que chorou várias vezes aqui...(pausa)
Ah tá , bem lembrado! O Marcos Augusto lembrou aqui.  Se nós não somos os primeiros do mundo a termos esta revelação, que São José está lá na Glória com seu corpo assunto ao Céu junto com a alma, se nós não somos os primeiros realmente, somos privilegiadíssimos por estarmos recebendo essa notícia no dia de hoje que é um dia tão sagrado e  especial e com todas as letras, sem deixar dúvida alguma a respeito de tão grande e maravilhoso milagre feito pela santíssima trindade por amor a São José e em favor dele .
Por tudo isso,  vamos verdadeiramente com todo o nosso coração agradecer , louvar a Deus
e coroar Maria santíssima e na pessoa dela também São José e Nosso Senhor Jesus Cristo como os verdadeiros Reis, e senhores das nossas vidas, dos nossos corações e das nossas almas...”
SALVE O CORPO GLORIOSO DE SÃO JOSÉ!
SALVE O AMANTÍSSIMO CORAÇÃO DE SÃO JOSÉ




Nenhum comentário:

Postar um comentário