.

.

sábado, 14 de abril de 2012

AS APARIÇÕES DE JACAREÍ/SP BRASIL
FESTA DA DIVINA MISERICÓRDIA NO SANTUÁRIO DAS APARIÇÕES
DIA 15 DE ABRIL DE 2012


Jesus eu confio em vós!

Terço da Divina Misericórdia

Ó Jesus, que fizeste da Santa Faustina uma grande devota da vossa ilimitada misericórdia, dignai-vos, pela sua intercessão, se for do agrado da vossa Santíssima vontade,conceder-me a graça...que vos peço. Eu, pecador, não sou digno da vossa misericórdia, mas olhai para o espírito de sacrifício e dedicação da Santa Faustina e recompensai a sua virtude ouvindo os pedidos que por sua intercessão com confiança vos apresento.

Oração Início

“Vós morrestes Jesus, mas uma Fonte de vida Jorrou para as almas. Ó Fonte de vida, inescrutável Misericórdia Divina, envolvei o mundo todo,e derramai-vos sobre nós...

Início

Pai-Nosso... Ave-Maria...Creio...

Nas 3 primeiras contas

Ó sangue e água, que brotastes do coração de Jesus como fonte de Misericórdia para nós, eu confio em vós!

Nas contas grandes

Eterno pai, eu vos ofereço o corpo e o sangue, alma e Divindade de vosso Diletíssimo Filho, Nosso Senhor Jesus Cristo, em expiação dos nossos pecados e dos do mundo inteiro...

Nas contas pequenas

Pela sua Dolorosa Paixão, tende Misericórdia de nós e do mundo inteiro...

No fim de cada Mistério

Jesus, eu confio em vós!  Senhor Jesus Cristo, nós vos adoramos e vos bendizemos, porque pela vossa Santa Cruz remistes o mundo...

Nas 3 últimas contas

Deus Santo, Deus Forte, Deus Imortal, tende piedade de nós e do mundo inteiro!

Oração Final

Ó Deus Eterno, em quem a misericórdia é insondável, e o tesouro da compaixão é inesgotável, olhai propício para nós, e multiplicar em nós a vossa misericórdia, para que não nos desesperemos nos momentos, difíceis, e nem esmoreçamos, mas nos submetamos com grande confiança à vossa santa vontade, que é o Amor e apropria Misericórdia... Amém


TERÇO DA MISERICÓRDIA MEDITADO Nº 1
COM MENSAGENS.






A Festa da Divina Misericórdia.


O Diário da Santa Faustina contém pelo menos quinze ocasiões nas quais se refere ao pedido do Senhor para que seja estabelecida em toda a Igreja, oficialmente, a “Festa da Misericórdia”. Jesus diz:

Desejo que a Festa da Misericórdia seja refúgio e abrigo para todas as almas, especialmente para os pecadores. Neste dia, estão abertas as entranhas da Minha misericórdia. Derramo todo um mar de graças sobre as almas que se aproximam da fonte da Minha misericórdia. A alma que se confessar e comungar alcançará o perdão das culpas e das penas. Nesse dia, estão abertas todas as comportas divinas, pelas quais fluem as graças. Que nenhuma alma tenha medo de se aproximar de Mim, ainda que seus pecados sejam como o escarlate. A Minha misericórdia é tão grande que, por toda a eternidade, nenhuma mente, nem humana, nem angélica a aprofundará. Tudo o que existe saiu das entranhas da Minha misericórdia. Toda alma contemplará em relação a Mim, por toda a eternidade, todo o Meu amor e a Minha misericórdia. A Festa da Misericórdia saiu das Minhas entranhas. Desejo que seja celebrada solenemente no primeiro domingo depois da Páscoa. A humanidade não terá pazx enquanto não se voltar à fonte da Minha misericórdia (Diário, 699).

Dize, minha filha, que eu sou o amor e a misericórdia mesma. Quando a alma se aproxima de mim com confiança, eu a cumulo com tantas graças que ela não as a cumulo com tantas graças que ela não as pode conter todas e brilha sobre as outras almas.
Feliz a alma que, durante a sua vida, mergulha na fonte da misericórdia; a justiça não a atingirá (Diário, 75).

Escreve: Tudo o que existe está contido nas entranhas de minha misericórdia, mais profundamente que a criança no seio da mãe. Oh! Quão dolorosamente me fere a incredulidade na minha bondade. São os pecados de desconfiança que me ferem mais dolorosamente (Diário, 76).

Concluamos escutando a conversa de Faustina com o Deus misericordioso. É o Senhor quem começa:


“Minha misericórdia e maior que a miséria tua e do mundo inteiro. Quem mediu a minha bondade? Por ti desci do céu à terra, por ti me deixei pregar na cruz, por ti permiti que meu (...) coração fosse aberto com um golpe de lança e assim abri para ti a fonte de misericórdia; vem e tira as graças desta fonte com o vaso da confiança. Nunca rejeito um coração humilde, tua miséria afundou no abismo de minha misericórdia. Por que deverias discutir comigo a respeito de tua miséria? Dá prazer a mim, abandona em mim toda a tua pobreza e tua miséria e eu te cumularei com um tesouro de graças.”


“Tu venceste meu coração de pedra, Senhor, por tua bondade, e eis que, com confiança e humildade, eu me aproximo do tribunal de tua misericórdia, absolve-me. Tu mesmo, pela mão daquele que está em teu lugar. Senhor, sinto como a graça e a paz foram derramadas em minha pobre alma. Sinto que a tua misericórdia, Senhor, a invadiu de lado a lado. Tu me perdoaste mais do que eu teria ousado esperar ou, mesmo, que fosse capaz de pensar. Tua bondade superou todos os meus desejos. E agora eu te convido em meu coração, cheio de gratidão por tantas graças. Extraviei-me como o filho pródigo ao abandonar o caminho reto, mas não cessaste de ser um Pai para mim. Multiplica em mim a tua misericórdia, pois vês quando sou fraca.”

“Filha, não fales da tua miséria, porque já a esqueci toda, minha filha. O que te desejo dizer é: refugia-te nas minhas chagas e tira da fonte de vida tudo o que teu coração possa desejar” (Diário, 1485).

DÉCIMO SEGUNDO DIA
Conduzir à fonte da misericórdia

No terrível deserto da vida,
Ó meu bom Jesus,
Livra as almas do naufrágio,
Pois és a fonte de misericórdia.
Que a claridade dos teus raios,
Ó doce Chefe de nossas almas,
Que tua misericórdia mude o mundo,
E que, tendo conhecido tua graça, ele sirva a Jesus.
Devo atravessar um longo caminho pedregoso,
Mas não tenho medo de nada,
Pois para mim jorra a fonte pura da misericórdia,
E com ela corre a força para o humilde.
 Estou atormentada e fatigada,
Mas minha consciência me dá testemunho,
Pois faço tudo para a maior glória do Senhor.
O Senhor é meu repouso e minha herança (Diário, 1000).

Mas é, sobretudo, a pessoa viva que glorifica Deus. Santo Irineu afirmava isto com vigor. Faustina percebia isso. Posso esperar que minhas ações uma vez divinizadas e minha vida uma vez transfigurada pelo amor de Cristo despertem o louvor da criação ao Senhor. São coisas que não se podem conter em seu coração. Elas são abundantes e nos impelem (cf. 2Cor 5,14) a gritar ao mundo que Deus é bom e que só devolvendo amor podemos corresponder a ele.

Para Faustina, de fato, isso se passa no mais íntimo do coração. Essa troca, glorificação nascem do coração a coração com a Pessoa amada. De lá brota o desejo de amá-lo e de engrandecer a sua misericórdia eterna.

Seja adorado nosso Criador e Senhor,
Universo inteiro, louva humildemente o teu Senhor,
Agradece ao teu Criador tanto quanto
Tuas forças permitem,
E louva sua inconcebível misericórdia divina.
Vem, toda a terra verdejante,
Vem também tu, mar insondável,
Que tua gratidão se mude em um canto agradável
E canta como é grande a misericórdia divina.
Vinde, montanhas e planícies, matas barulhentas
E fechadas,
Vinde, flores matinais encantadoras,
Que vosso perfume único
Glorifique e adore a misericórdia divina.
Vinde, todas as belezas da terra,
Com as quais o homem nunca se admirará o bastante,
 Vinde adorar a Deus em harmonia,
Louvar a inconcebível misericórdia divina.
Vem, beleza imperecível de toda a terra,
E adora humildemente o teu criador,
Porque tudo está contido na sua misericórdia,
Tudo diz com voz poderosa
Como é grande a misericórdia de Deus.
Mas, além de todas estas belezas,
O inocente cheio da confiança de um filho,
Que pela graça se une estreitamente a ele,
É uma adoração mais agradável a Deus (Diário, 1750).


“Momentos para nosso coração continuar em Festa a seguir da Festa da Misericórdia, vem a Festa de Santa Bernadete dia 16 de Abril.”


Nasceu em 7 de janeiro de 1844 em Lourdes, França. A mais velha de seis filhos de uma família muito pobre chefiada por Francois e Louise Casterot.Ela serviu como empregada de 12 aos 14 anos.Depois foi pastora de ovelhas. Em 11 de fevereiro de 1858, mais ou menos na época de sua primeira comunhão ela recebeu uma visão da Virgem; sua descrição de como foi pode ser lida abaixo. Ela recebeu 18 novas visões nos próximos cinco meses e foi levada a uma fonte de água que curava. Ela mais tarde mudou-se para uma casa do Convento das Irmãs de Nevers em Lourdes onde ela vivia, trabalhava, aprendeu a ler e a escrever. As irmãs cuidavam dos doentes e indigentes e quando Bernadete fez 22 anos foi admitida na Ordem. Sempre muito doente ela morreu enquanto orava a Virgem Maria.


Faleceu em 16 de abril de 1879 em Nevers, França.
O corpo de Maria Bernadete permanece incorruptível.
Foi canonizada pelo Papa Pio XI em 1933.

Desde que apareceu a Santa Bernadete em 1858 mais de 200 milhões de pessoas visitaram o Santuário de Nossa Senhora de Lourdes.

Terço de Santa Bernadete

COMPOSTO PELO VIDENTE MARCOS TADEU EM HONRA À SANTA BERNADETE, A VIDENTE DE NOSSA SENHORA DE LOURDES, FRANÇA.

Reze agora:



FESTA DA IMACULADA CONCEIÇÃO DE NOSSA SENHORA NO SANTUÁRIO DAS APARIÇÕES DE JACAREÍ/SP HORA DA GRAÇA UNIVERSAL – 12:00hs

08/12/2008


Mensagem de Santa Bernadete

 “-Marcos, aceito este SINO que fizeste para Mim, porque me provaste mais uma vez teu amor com obras, porque Me deste esta bela e sincera homenagem; prometo derramar uma chuva de rosas de bênçãos sobre Este Lugar a cada vez que este sino for tocado em Minha honra!
Prometo acudir a cada um de vós, quando ele for tocado, afastar os espíritos malignos e derramar uma nascente, uma torrente de graças, uma fonte de graças sobre todos os que estiverem aqui Neste Lugar quando ele for tocado... E sobre todos aqueles que à imitação tua; também Me amam são Meus devotos, Me louvam Me rezam e tornam-Me também conhecida e amada para que assim MARIA SANTÍSSIMA A IMACULADA CONCEIÇÃO seja também mais conhecida e mais amada... 

Sou tua protetora, disse-o já muitas vezes! Sou a protetora de todos os que aqui vem e chamo-vos hoje a redobrardes a vossa obediência à MARIA IMACULADA, sendo os pequenos filhos do Seu CORAÇÃO IMACULADO, sendo os ECOS do seu Amor ao mundo.
Sede os ECOS de MARIA IMACULADA... para este mundo perdido, totalmente dominado pelas forças do mal; escravizado no pecado e submergido no mar do ódio, da violência, do egoísmo, da impureza, das guerras, do ódio contra DEUS. 

Sede os ECOS de MARIA IMACULADA..., oferecendo as vossas vozes, as vossas Mãos, os vossos pés para levar as Mensagens d’Ela a todos os recantos do mundo!
Sede os ECOS de MARIA IMACULADA..., anunciando por toda a parte Estas Mensagens que ELA e os SAGRADOS CORAÇÕES dão aqui, porque Nestas Mensagens está à Luz que a humanidade precisa, está a Fonte de Vida, de Paz e de Felicidade da qual a humanidade tem tanta sede e tanta necessidade de beber! 

Sede o ECO de MARIA IMACULADA... mostrando por meio das vossas obras, das vossas atitudes, das vossas palavras e da vossa fé; que vós sois verdadeiramente filhos consagrados de MARIA IMACULADA, que vivem segundo os desejos do Coração d’Ela... que a consolam, que a amam, que a escutam e que a cada dia esforçam-se mais por se parecerem com Esta MÃE Bendita e imitarem as Suas virtudes! 

Sede os ECOS de MARIA IMACULADA... fazendo com que as Mensagens d’Ela e o amor d’Ela, se tornem conhecidos, correspondidos, amados por todas as almas do mundo inteiro.
Neste momento, abençôo este meu sino... abençôo a ti Marcos, o Meu mais fervoroso e dedicado devoto. E abençôo a todos os que também me amam e contigo trabalham para fazer com que Maria Imaculada seja amada, obedecida e servida por todos os homens.
A paz marcos... Eu te abençôo agora...”

Marcos:”-Estou muito contente por vê-lo pela primeira vez, amado SÃO RICARDO! Sempre o admirei muito pelas coisas que escrevestes sobre MARIA SANTÍSSIMA e que SANTO AFONSO relata no seu Livro GLÓRIAS DE MARIA. Agora vejo e compreendo quanta beleza havia na vossa alma, para escrever todas aquelas coisas maravilhosas sobre a MÃE de DEUS!”




Nenhum comentário:

Postar um comentário