.

.

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

07 de Novembro

MARIA, MEDIANEIRA DE TODAS AS GRAÇAS

"Oh! Coração de JESUS, o oceano infinito de bondade e amor, permiti que vos rendamos infinitos agradecimentos por terdes entregue nossa salvação eterna ao Coração Imaculado de vossa Excelsa MÃE e incomparável MÃE nossa. Oh! Coração Divino, estes vossos extremos de carinho e terno amor filial para com o Refúgio dos Pecadores, encoraja, anima e entusiasma até aqueles pobres desesperados que já estão dominados pelo terror da desgraça e condenação eternas.
Salve, bendito e misericordioso Decreto da Mediação Universal, 
Salve Medianeira de Todas as Graças!"

É DEUS que quer que recebamos tudo por MARIA:
O misericordioso decreto de que não recebamos Graças, senão por intermédio da Onipotente intercessão de MARIA Santíssima, dependeu única e exclusivamente da Vontade de DEUS.
Sim, é Vontade de DEUS que recebamos tudo por MARIA. Vontade de DEUS que a primeira Graça da Redenção, na ordem sobrenatural, outorgada a São João Batista, ainda no seio materno, fosse concedida por intermédio de MARIA.
Vontade de DEUS que os pastores e Reis Magos encontrassem o Menino JESUS nos braços de MARIA.
Vontade de DEUS que o primeiro Milagre, na ordem natural, fosse feito por JESUS, a pedido de MARIA, nas bodas de Caná.
Vontade de DEUS que a Virgem fosse Co-Redentora ao pé da Cruz.
Vontade de DEUS que os Apóstolos se preparassem e recebessem o ESPÍRITO SANTO com MARIA MÃE de JESUS.
E essa Divina Vontade continua agora a conceder Graças e favores do Céus, somente por intermédio de sua MÃE Santíssima, que constituiu Medianeira de Todas as Graças.
Com que singeleza e amor  terno dizia o grande Cura de Ars, São João Maria Vianey:
"Quando chegar o fim do mundo, NOSSA SENHORA há de ficar muito aliviada. Mas até lá, mal sabe para onde há de se voltar. É como uma mãe que tem muitos filhos: está continuamente ocupada em atender ora a um, ora a outro." E confessava ingenuamente que tantas vezes tinha ido beber à fonte, que, se ela não fosse inesgotável, de há muito teria secado.
"MARIA, muito melhor que nenhuma outra mãe, conhece e vê os socorros de que necessitamos para viver, os perigos públicos e particulares que nos ameaçam, as angústias e males que nos oprimem, e, sobretudo, a luta encarniçada que havemos de sustentar com os inimigos da salvação.
Nestas e em outras dificuldades da vida, melhor do que ninguém, pode ELA generosamente, pois deseja ardentemente, proporcionar a Seus filhos queridos, consolação, força e toda a espécie de auxílios."
"Bendita seja a grande MÃE de DEUS, MARIA Santíssima, Refúgio dos pecadores, Consoladora dos aflitos, Socorro muito certo!"
Como Maria, também nós podemos olhar de perto e manter em seus corações as maravilhas que Deus realizou a cada dia na história. Assim, aprender a reconhecer no  tecido da vida cotidiana, as constantes intervenções da Divina Providência que orienta tudo com sabedoria e amor.
Caminhe com confiança este mês na imitação de Deus Fé de Maria.



Nenhum comentário:

Postar um comentário